6 de fev de 2012

Um tapinha no traseiro





Passagem
  Isaías 54

  O reino de Judá no Antigo Testamento precisava de um tapinha no traseiro, um beliscão no braço, um cascudo na cabeça. Eles haviam se rebelado contra Deus, pelo que Deus os julgou sumária e diretamente por meio do profeta Isaías e de nações estrangeiras.
     Eles mereciam ser repreendidos e punidos, mas Deus foi tão sábio naquele tempo como continua sendo agora. Ele simplesmente abriu os olhos deles.
     "A visão de vocês é curta demais por causa do seu sofrimento", ele disse. "Vocês focalizam o que não têm - não têm uma nação, não têm poder, não têm unidade, não têm exército. Deixem isso para lá! Estendam suas tendas um pouco e vivam como se tivessem tudo. Porque vocês têm! Vocês têm minha profecia de uma nação poderosa. Vocês têm meu amor imorredouro. Meu perdão. Meu poder. Vocês têm a mim!"
      Há dias quando eu preciso de uma visão dessas. Fico facilmente cansada. E quando me canso, quero me recolher às "tendas" da piedade, da frustração e de raiva. Minhas pequenas tendas são confortáveis. Embora (sejam) escuras e acanhadas, sinto algum conforto nelas.
     Mas não por muito tempo. Deus me diz em Isaías 54:5 que o meu Criador é meu marido, e ele deseja minha companhia sob uma tenda maior para que eu possa expandir seu reino com ele. E conforme faço isso, encontro a brisa fresca de novas forças para lidar com minha piedade, frustação e raiva. E sou renovada.


Joni Eareckson Tada








Nenhum comentário: